25 de out de 2011

Hello from USA!

Finalmente em terras americanas. E finalmente com um tempo livre.

Claro que a aventura no Peru não poderia terminar boring. Ainda passei por algumas emoções até chegar na terra do Tio Sam.

Ontem sai do hotel às 20:30. Antes de jantar já havia deixado a mala arrumada. Quando subi, só escovei ps dentes, peguei a mala e desci.

Fui para o aeroporto, fiz o check in tranquilamente, subi em direção aos portões de embarque e parei na Starbucks. Pedi meu Frapuccino, pedi a senha da internet, e estava lá tranquila quando lembrei do cabo do iPod. Revirei a mochila, e nada! Voltei correndo para o hotel e pedi para procurarem. Claro, estava lá.

Com o cabo do iPod em mãos, voltei para o aeroporto. Já haviam confirmado o portão de embarque: 18. Fui até lá e, enquanto esperava, anunciaram que o portão havia mudado, agora para o 22. Pensei "lá vem!".

Essa foi a única mudança e logo embarcamos. Desta vez, minha poltrona era na janela.

Sobrevoando os EUA, antes de aterrissar.
O voo foi tranquilo. Quer dizer... Estava eu dormindo, quando ouço o sinal de aviso aos passageiros. Uma aeromoça dizia que um passageiro estava passando mal e que caso houvesse um médico a bordo, era para se apresentar.

Impossível não lembrar da cena de Lost em que o Jack corre para socorrer um passageiro desmaiado, e é o Charlie.

Enfim, tratei de me acalmar, pra não ter mais un passageiro passando mal! rs

Foi cansativo, mas deu tudo certo. Desembarcamos em NY às 8:30, conforme o previsto. Passamos por todo o processo de imigração e liberação da bagagem. Em seguida, logo encontrei a pessoa que estava me esperando.

Cheguei na universidade por volta das 10:00. A diretora da escola de treinamento e algumas outras pessoas vieram recepcionar. Fui direto para a aula, e na hora do almoço fui levar minha bagagem para o quarto. No intervalo durante a tarde, fui até os dormitórios para ligar em casa e ba volta me perdi.

Esse lugar é grande demais! Merece um vídeo do trajeto do dormitório até as salas de aula.

Tem au pair do mundo todo aqui, e minha roommate, Hanna, é austríaca. Assim eles forçam a gente a falar inglês o tempo todo, o que é regra por aqui. Tem todo tipo de sotaque, todo tipo de gente. Todo mundo se virando, perguntando, explicando. Bem legal!

Ah, e pra terminar bem o dia, minha host me mandou um kit com tickets para o tour por NYC e no Rockafeller Center, além de guloseimas e um gift card. Eu adorei, porque iria fazer o tour de qualquer forma.

Acho que é só!

É tanta coisa nova, tantas impressões, que nem sei por onde começar. Vou contando aos poucos, e o que eu achar mais interessante.

See you soon! ;)
Kit que ganhei da host! :D

4 comentários:

  1. Adoro vir aqui, ler tudo. Voce narra tudo tão gostoso.
    Sem nunca ter te conhecido pessoalmente, estou super feliz por você :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Steph, sua linda! Quando voltar ao Brasil, vou te visitar! :*

      Excluir
  2. Nossa, começei a ler teu blog agora e estou amando. Vc narra de forma que eu me imagino aí...é bem legal mesmo. Continue postando, vc escreve muito bem!!!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que está gostando. Fico feliz a cada visita que recebo por aqui. Obrigada! :D

      Excluir