9 de out de 2011

Por que escolhi ser Au Pair?

Como disse no post anterior, viajar para os EUA era um sonho antigo. Era, porque agora se tornou realidade.

Em 2007, último ano de faculdade, duas colegas de sala procuraram o programa de au pair, e em 2008 embarcaram.

Cheguei a conversar várias vezes com uma delas sobre o programa, pedi informações, dicas. Ela me falou de todos os prós e os contras, e me disse algo muito importante: tenha seu objetivo muito bem definido, para levar isso como meta durante todo o ano de au pair.

Em 2010 eu decidi que em 2011 eu viajaria. Comecei minha economia, tirei meu passaporte e comecei a procurar as alternativas. As mais convidativas eram ser au pair por um ano, ou estudar por alguns meses.

Financeiramente, o au pair é infinitamente mais viável. O programa custa por volta de US$ 970, enquanto um mês de ESL, em escolas, custa por volta de US$ 1.000 sem a hospedagem.

Como au pair, você recebe um pagamento semanal correspondente a 45 horas trabalhadas. Sendo assim, você tem como se manter durante o ano em que estiver lá. Fora isso, você mora na casa da família, o que dispensa a procura por acomodação. Além disso, você tem uma bolsa de US$ 500 para estudar.

Como estudante, você precisa arcar com todos os gastos de curso e hospedagem, e ainda já ter dinheiro suficiente para se manter no país durante sua estadia. Fazendo as contas, você gastaria por volta de US$ 2.000 só com as despesas do estudo e acomodação.

Eu cogitei estudar e até cheguei a tentar o visto F1 que, infelizmente, foi negado. Porém, um ou dois meses era muito pouco. Eu queria mais!

Com 26 anos, idade limite para ser au pair, decidi que esta seria a melhor opção e escolhi por me inscrever no programa.

O meu objetivo? Melhorar meu inglês e voltar a trabalhar com tecnologia no Brasil. Um segundo plano, é voltar a lecionar inglês.

Como tenho uma graduação em Letras e uma pós em Desenvolvimento de Sistemas Web, o segundo idioma só vem para acrescentar.

Agora só me resta estar sempre focada no meu objetivo, e dar o meu melhor para que os prós sejam bem aproveitados, e os contras sejam superados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário