26 de fev de 2012

Minha paixãozinha Americana

Não é novidade nenhuma dizer que sou apaixonada pelo pequeno. Ele é a pecinha que me tira do sério, mas que ao mesmo tempo faz meu coração derreter. Em quase quatro meses aqui, eu já não sei mais o que seria de mim se eu tivesse sido escolhida por outra host family.

Ele está sempre me surpreendendo, com a sua inocência imensurável. Hora me diz que sou mandona e esta não é a minha casa, hora corre me abraçar e passa horas sentado no meu colo. Todo dia é uma surpresa. É impossível prever como será cada dia nesta casa.

Na última sexta-feira ele aprontou mais uma de suas fofuras. Minha host foi para a Califórnia na quarta-feira e voltou hoje, domingo. Na sexta-feira eu iria levá-los para a casa do pai e em seguida iria ao mall, para me despedir da alemã. Não teria tempo de me arrumar entre um compromisso e outro, então ajudei todos a se arrumarem e em seguida fui tomar um banho rápido. Avisei os três que logo voltaria, mas que poderia bater na minha porta caso precisassem de mim. O pequeno disse que ficaria brincando no quarto.

Tomei banho, me vesti, coloquei a roupa suja no cesto e pensei "vou deixar minha porta aberta enquanto termino de me arrumar, assim ouço eles lá em cima". Quando abri a porta, o pequeno estava ali, em pé, esperando por mim. Levei um susto, porque não esperava ver nada ali na minha frente!

Brinquei com ele que havia me assustado, e disse que ele poderia ficar ali no quarto comigo, enquanto eu me arrumava. Ele entrou no banheiro e cruzou os braços sobre a pia. A chapinha estava ligada e eu o avisei que estava quente, então ele me perguntou se podia me ver unsando ela no meu cabelo. Respondi que sim.

Escovei os dentes, e ele ficou me imitando. Lavei meu rosto, e ele morreu de rir ao me ver cheia de espuma nas bochechas. Enxaguei o rosto, passei meu creme e, finalmente, era a hora de arrumar o cabelo. Avisei a ele que ia começar a mexer no cabelo e ele se ajeitou, ainda debruçado na pia e olhando para cima. Comecei a dividir o cabelo e alisei a primeira mecha. Ele, empolgado, disse que ia fazer um vídeo!

Lá se foi o pequeno, correndo, buscar sua câmera. Quando voltou, começou a me filmar enquanto eu ajeitava algumas mechas. Ele dizia "Esta é a Aline, minha Au Pair, e ela está arrumando o cabelo pra sair". Virou a câmera para o espelho "Este é o espelho!". Virou a câmera para ele "E este sou eu! Yay!". Voltou a me filmar e comecei a conversar com ele. "Você gosta do meu cabelo?" "Sim!" "Como você prefere, encaracolado ou liso?" "Huummm... Liso!". E assim foi, até eu terminar.

Ele viu meus batons e me perguntou se eu iria usar (ele odeia quando eu uso, me diz que toda mulher é mais bonita sem batom). Eu disse que sim e, mais uma vez, ele perguntou se poderia me ver usar. Passei o batom, peguei minha bolsa e meus sapatos, e subimos para a cozinha. Chamei as meninas enquanto calçava os sapatos, e entramos no carro.

Levei os três para a casa do pai, e na volta já estava morrendo de saudade da bagunça deles! Pode isso?

Às vezes, a diversão dele é brincar com a câmera frontal do iPhone. Ele adora a ideia de se ver enquanto tira fotos, porque ele pode fazer inúmeras caretas e rir disso antes mesmo de ver como ficou. Enquanto estamos esperando no carro, para entrar na escola, é quando isso acontece, às vezes. Da última vez as fotos ficaram muito engraçadas, então vou terminar o post com as minhas preferidas. Por favor, desconto para meus olhos de panda, não eram nem 9 da manhã ainda! rs








Esta última é minha foto preferida! Dá pra não morrer de fofura com esse loirinho? Tem como não amar? ;)

2 comentários:

  1. LINDO!!! Ele é lindo e você mais ainda por expressar lindamente esse carinho! ^^ AMEI esse post, não vejo a hora de poder fazer um assim tb! Mas, no meu caso, das 5 fofuras neh! =] Beijoss

    ResponderExcluir
  2. meu menino na Holanda era assim também, carinhoso e companheiro :)

    ResponderExcluir