24 de out de 2012

Colonial Williamsburg

No último final de semana fiz minha primeira viagem com a host family. Fomos para Williamsburg, VA, para conhecermos o Colonial Williamsburg e também o Busch Gardens. A cidade fica a aproximadamente 3 horas de onde moramos, e fizemos a viagem de carro.

Colonial Williamsburg é uma cidade colonial, a qual retrata o século XVIII. Tudo por lá se passa aos arredores do ano de 1775, e você pode ter contato com fatos históricos sobre a colonização, até mesmo encontrar gente daquela época. Atores andam pela cidade, vestidos conforme manda o figurino, e agem como se realmente estivessem naquela época. É possível chamá-los para conversar, e todo o diálogo irá acontecer como se você tivesse voltado ao passado, incluindo o idioma quase arcaico, com um vocabulário e sotaque bem diferente do que estamos acostumados. Eles não sabem quem é Obama ou Romney, também não sabem o que é Internet ou luz elétrica. E isso torna a visita um tanto quanto mágica!

Na noite de sábado jantamos em uma taverna a qual foi construída em 1772, e toda a estrutura onde o jantar é servido foi mantida. Não há luz elétrica, então tivemos um agradável jantar a luz de velas. Inesquecível! Todos os trabalhadores da taverna também estavam vestidos conforme a época. O garçom que nos atendeu não agia como se estivesse no passado, mas ele nos explicou como cada etapa do jantar funcionava naquela época. Nos ensinou a colocarmos o guardanapo sobre o peito, e o porquê de se usar assim, nos ensinou a brindar, dizendo "hip hip huzzah!" em vez de "cheers!", explicou o cardápio, sobre como cada comida e bebida era vista no século XVIII. Ah! Eu bebi uma cerveja do tipo Lager, chamada Old Dominion, e ela foi servida em uma caneca, o que realmente me transportou para o passado. 

De repente, na taverna, eis que surge um homem, com sua caneca de cerveja nas mãos, cumprimentando a todos. Um dos clientes lhe perguntou quais eram as notícias do dia, e ele começou a contá-las, todas referentes ao que estava acontecendo no país referente a Governo e tudo mais. Ele terminou fazendo três brindes, e um deles era "à Revolução". Pouco depois, surge uma mulher e um violino. Ela explicou o estilo de música da época, e tocou duas músicas. Foi mágico!

No próximo post falarei sobre o Busch Gardens. Aqui, termino com muitas fotos, porque não sei selecionar poucas.

Até mais! o/


Passei pela máquina do tempo?


"O que os objetos no seu bolso dizem sobre você?"

Adega

Adega


O gato no rato, o rato na aranha, a aranha na mosca, a mosca no velho, e o velho a fiar... OH WAIT!

Sapateiro

Carro pra quê, se existem carruagens?


Então, amigo, qual foi o resultado do jogo ontem?... OH WAIT!

Barris como latas de lixo, porque todo detalhe é importante!

Oi, sou turista!


17 de Setembro de 1775...



Senhor explicando sobre a cadeia pública.

Celas da cadeia pública.

King's Arms Tavern, o restaurante onde jantamos.

Fachada da taverna.

Música e conversinhas enquanto aguardávamos pela nossa mesa.

Minha caneca de cerveja. Hip hip huzzah!

Nenhum comentário:

Postar um comentário