19 de jan de 2013

O dia em que a Terra parou

Ou sobre quando a Au Pair está de folga.


É sexta-feira, faltam quinze minutos para as seis horas. Pela última vez, é hora de certificar-se de que todas as atividades foram finalizadas com êxito. Com tudo em seu lugar, exatamente às seis horas apita o juiz e é fim de partida. Pronto! Seu mundo paralelo já pode entrar em espera, até que você esteja de volta na segunda-feira de manhã.

Você ajeita seu quarto, guarda suas roupas recém lavadas, arruma a mochila, e sai para aproveitar a vida real. Lá fora, tudo é perfeito e o tempo tem pressa. Se pudesse, viveria de finais de semana para sempre.

Entretanto, o tempo é cruel e passa rápido demais. Já é hora de retornar ao universo paralelo, vestir suas responsabilidades e retomar à rotina de cada semana.

É segunda-feira, seis e meia da manhã. Você é a primeira a acordar e, sorrateiramente, dirige-se à cozinha para aproveitar os últimos preciosos minutos de silêncio para tomar um café.

O cheiro do lixo incomoda. Os recicláveis, formam uma montanha no canto da cozinha. Na pia, já falta espaço até para a água correr. A máquina de lavar louças foi ligada em algum momento, mas nunca foi esvaziada. Ao abrir a geladeira, nada mais mais existe, a não ser as sobras do jantar da noite anterior. O galão de leite foi esvaziado, e nunca reposto. Meias parecem correr pela sala. Ao tentar andar até as escadas, brinquedos invadem seu caminho. Nos quartos, roupas sujas pelo chão denunciam as atividades executadas nos últimos dias. No banheiro, toalhas molhadas cobrem o chão.

Um último suspiro é dado, longa e profundamente...

6 comentários:

  1. Me vi em tudo isso... e anseio bastante.
    Adoro seus textos, Aline. Estava sentindo falta de novos por aqui.
    B*jOs e bom fim de fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou tentando voltar à rotina do blog, aos poucos.
      Obrigada pela visita! :)

      Excluir
  2. Gosto do jeito que você escreve.Parabéns :)

    ResponderExcluir
  3. Ai aline! fiquei chocada e sei que isso é verdade. rsrsrs ihhh a futura au pair aki vai desistir desse jeito hein? rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há dias que não são tão bons quanto os outros, mas são esses que nos servem de lição, de crescimento. A vida tem altos e baixos em qualquer aspecto.
      Não desista, não. Todos os outros bons momentos fazem qualquer esforço valer a pena. :)

      Excluir