22 de ago de 2013

Backstreet Boys: In A world Like This Tour

Backstreet's back!

Depois de acalmar a histeria, chegou a hora de contar como o show em si aconteceu. Decidi mostrar como funciona o cronograma quando se compra o pacote VIP porque antes de fazê-lo eu procurei informações, mas só encontrei um blog de uma Americana contando como foi a experiência dela em 2011. Ajudou para que eu pudesse manter a calma, mas pelo que ela descreveu e pelo que eu presenciei, à cada turnê acontece uma experiência diferente ao conhecer os rapazes.

Em primeiro lugar, todas as fotos podem ser vistas no meu álbum do Facebook (tem muitas do AJ, muitas mesmo - podem me julgar) e abaixo está o vídeo que fiz com o resumo da passagem de som e do show. Não consegui gravar o momento das perguntas e respostas (estava passada demais para prestar atenção em qualquer coisa que não fossem meus amados), e também não gravei todas as músicas (e as que gravei foram só trechos), porque é claro que eu estava mais preocupada em cantar e dançar do que em registrar tudo. Não me arrependo.


Pacote VIP Gold: $350.00
  • Encontro individual
  • Foto individual
  • Entrada antecipada no local
  • Acesso antecipado ao estande de merchandising
  • Passagem de som / Perguntas e Respostas
  • Um crachá VIP comemorativo
  • Um ano de assinatura do Fã Clube BSB.com
Ingresso, área em frente ao palco: $150
Total: $500

Um dia antes recebi um email com algumas informações, dentre elas de que o check-in deveria ser feito as 3:15 da tarde. Por conta do trânsito, chegamos no local por volta das 3:40. O estacionamento estava aberto somente para quem tinha algum pacote VIP. Eu e minha amiga Boliviana fomos as últimas a chegarem. Uma pessoa da equipe nos reuniou a um pequeno grupo que chegou poucos minutos antes de nós, e nos levou até a frente do palco, onde nos juntamos aos demais. Fomos posicionados em pé em frente ao palco, divididos em fileiras de acordo com o pacote que tínhamos. Platinium na primeira fila, Gold na segunda, Silver na terceira, e por fim Bronze. Mesmo chegando atrasadas, fomos colocadas na segunda fileira.

Em frente ao palco, durante a passagem de som.


Os Backstreet Boys foram entrando no palco um a um, dirigindo-se até a frente (a parte estreita atrás de mim na foto acima) para nos cumprimentar, falar um pouco sobre a passagem de som, etc. Assim que todos estavam no palco, Nick pegou um violão e eles cantaram a primeira música (Trust Me, minha favorita do álbum novo). Depois se posicionaram no palco principal, pegaram seus instrumentos já previamente posicionados no local, e cantaram mais três músicas, sem banda: 10,000 Promises, Madeleine, e Quit Playing Games (With My Heart). Estas músicas foram surpresa para mim, porque eu havia visto a setlist do show, mas não havia procurado saber quais eles cantariam na passagem de som.

Respondendo algumas perguntas.


Depois disso foi hora de fazer perguntas. Quem quisesse, deveria erguer o braço, e uma pessoa da equipe iria até lá com o microfone. Eu entendi todas as perguntas e respostas na hora, mas me lembro vagamente do que foi dito (era muita emoção para conseguir me concentrar). Uma pergunta que me lembro foi sobre a moda dos anos 90 e o que eles se arrependem de terem usado, ou sentem vergonha hoje, e a outra foi sobre o apoio ao casamento gay através do clip da música In A World Like This (foi a pergunta/resposta mais aplaudida). Entretanto, a minha mente seletiva se recorda da pergunta mais divertida, a qual foi sobre que nome eles adotariam se fossem strippers (alguma boa alma fez este vídeo). AJ escolheu "Bomb Dang". Howie, "Speed Gonzales". Kevin disse "Long John", mas quando fez seu movimento sexy, AJ disse que aquilo estava mais para "The Helicopter". Brian disse que não iria fugir da realidade, e que então seria "The Rock". Nick escolheu "Blonde Dong", os outros choraram de rir, e o AJ disse que ele deveria usar "Nick, the Dick". Eles não eram assim quando eu tinha 13 anos...

Em seguida, eles agradeceram pela nossa presença, desceram do palco e se posicionaram para o Meet & Greet. Mais uma vez os seguranças nos organizaram em filas de acordo com os pacotes, mas o pessoal que possuía o Bronze foi retirado porque opacote deles acabava ali (não dava direito nem a conhecer os rapazes). Primeiro foram as pessoas do pacote Silver, as quais tinham direito de cumprimentá-los em grupo, assim como tirar uma foto em grupo. Depois fomos nós, do pacote Gold. Um segurança liberava uma pessoa de cada vez para cumprimentá-los, depois todos se posicionavam para a foto (havia um fotógrafo, e todas as fotos são publicadas no site deles, onde podemos fazer download do arquivo original), e ao sair nos foi entregue uma foto autografada. Tudo é muito rápido, não há tempo suficiente para dizer muitas coisas a eles. Por último foi o pessoal do pacote Platinium, mas não tenho muita certeza como funcionou a foto ou o encontro. Ouvi dizer que eles tinham direito à tal "green room", a qual eu fiquei sem saber o que significa, ou quanto tempo os fãs passam com eles.


Backstreet Boys


Todo o processo levou por volta de duas horas. A espera pela foto foi breve, porque não havia muita gente ali. Como já estávamos dentro do local do show (é como se fosse um estádio específico para shows, com palco e assentos permanentes), poderímos comprar algo na barraca de merchandising (camiseta, poster, etc) sem filas - eu não comprei nada. Em seguida formou-se a fila para voltarmos ao local do palco, desta vez para nos posicionarmos em nossos lugares de acordo com o ingresso. Quando eu e minha amiga entramos já havia uma fileira de pessoas em pé de frente para o palco, e acabamos ficando atrás delas, porém bem no centro do palco. Chegamos ali por volta das 6:30. Às 7:00 o Brian entrou no palco com seu filho, o qual cantou duas músicas. Por volta das 7:15, DJ PaulyD subiu ao palco; às 8:00 foi a vez de Jesse McCartney; e, finalmente às 9:00, começou o show dos Backstreet Boys.

SETLIST
  1. The Call
  2. Don't Want You Back
  3. Incomplete
  4. Permanent Stain
  5. All I Have To Give
  6. As Long As You Love Me
  7. Show 'Em (What You're Made Of)
  8. Show Me The Meaning Of Being Lonely
  9. Breathe
  10. I'll Never Break Your Heart
  11. We've Got It Goin' On
  12. 10,000 Promises - Acoustic
  13. Madeleine - Acoustic
  14. Quit Playing Games (With My Heart) - Acoustic
  15. The One
  16. Love Somebody
  17. More Than That
  18. In A World Like This
  19. I Want It That Way
  20. Everybody (Backstreet's Back)
  21. Larger Than Life

O show é muito agitado, eles dançam o tempo todo (mantiveram praticamente as mesmas coreografias dos anos 90), andam pelo palco inteiro, estendem as mãos para as fãs mais próximas, e a transição entre uma música e outra é bastante rápida, ou seja, o público não passa quase nem um minuto sem música ou sem os meninos no palco. Durante a troca de roupa são exibidos vídeos deles no telão ao fundo do palco. No primeiro, eles interagem explicando para o público que durante a troca de roupa o vídeo que será exibido traz algumas perguntas e respostas. É um vídeo bem descontraído, em que eles foram perguntados coisas do tipo "quem é o mais estiloso?", "quem é o mais brincalhão?", "quem é o mais sexy?", "quem dança melhor?", e por aí vai. O segundo vídeo, é o teaser do filme sobre a carreira deles. Achei que essa jogada fez com que houvesse transparência entre ídolo e fã. Não existe mágica, não é só apagar as luzes e eles aparecerem de repente com outro visual. Sem contar que deixou todo mundo ansioso pela estreia do documentário.

No decorrer do show, entre algumas músicas, eles conversam com o público, cada um tendo o seu momento para falar um pouco sobre a turnê, e especialmente o Kevin para falar sobre a sua volta. Durante as músicas acústicas, que acontecem pouco depois da metade do show, os fãs que possuíam o pacote VIP Platinium subiram ao palco, posicionando-se sentados em uma mini-arquibancada atrás dos meninos. Depois disso voltam para o formato original, cantam mais algumas músicas, e praticamente terminam o show com Everybody (foi aí que a mulher à minha frente saiu, tive a chance de finalmente ficar na grade e pude tocar a mão do AJ quando ele a estendeu), mas voltam ao palco em seguida e aí sim encerram o show com Larger Than Life. Fazem os cumprimentos finais, agradecem, e fim.

Momento acústico, com fãs ao fundo.


Enfim, valeu muito a pena, desde a passagem de som até o final do show. Antes de comprar o pacote, fiquei em dúvida entre o Silver e o Gold, porque havia uma diferença de $100 entre eles, mas como seria a primeira vez em que eu os veria, decidi pelo Gold porque queria ter a oportunidade de cumprimentá-los sozinha, assim como tirar a foto somente com eles, e não com um grupo de fãs. Entretanto, eu não compraria o pacote maior, Platinium, o qual custava $600. Subir no palco deve ser muito bacana, mas o que mais me importava era mesmo o momento em que eu iria conhecê-los, e isso era comum entre três pacotes citados.

Saímos do local por volta das 11:30, ou seja, passamos quase 8 horas em pé, entre um acontecimento e outro, mas foi tudo muito válido. Tudo mesmo! Foi uma experiência incrível, o show foi lindo, me diverti como se tivesse 15 anos novamente, e realizei um sonho. Admito que este é o show mais caro que eu já fui aqui nos EUA, mas não me arrependo. Cada centavo foi muito bem aproveitado. Sinceramente, eu faria tudo outra vez. :)

4 comentários:

  1. Aline, QUE DELÍCIA! Amei o post, o pacote, as fotos, tudo! Eu gostava deles quando era novinha, hoje em dia não sei mais nada deles, mas iria em um show se eu tivesse nos EUA - mas voltei dias antes da turnê começar :/ que bom que você aproveitou! Eu compraria só o ingresso, e o mais barato ainda HAHA mas fiquei com invejinha branca de você ter cumprimentado todos e tirado foto, que gostoso deve ter sido realizar um sonho assim, de tanto tempo!
    Beijão!!

    ResponderExcluir
  2. Que demaisssss Aline!!! Gostei muito da sua publicação! Já estava com saudades de seus posts por aqui! Seu blog está na minha barra de favoritos. Acompanho sempre!! :D

    Beijos Aline! Aproveita tudo aí!

    ResponderExcluir
  3. Aline! Vou add você no face para pegar algumas informações. Pois ano que vem pretendo ir ao show deles. Adoroo eles desde meus 10 anos de idade, quero muito conhece-los ;) Ana

    ResponderExcluir
  4. Aline vc deu sorte! Em 2011 quando eles estiveram no Brasil, nosso meet foi com uma grade ridícula nos separando! Eles estarão no Brasil agora em 2015 com essa tour, esperamos que a barreira entre nós não exista!!! Beijos amei o post!!!!

    ResponderExcluir