24 de fev de 2013

E se...

"As pessoas vão e vêm, e é tudo tão confuso.
Eu só queria voltar pra casa..."
(Dance of Days - Caulfield)

Gosto de dias nublados, de chuva na janela, de café recém-coado.

Sinto falta do sorriso do meu pai, das piadas do meu irmão, do cafuné da minha mãe.

Tenho saudade de assistir Futebol, de caminhar pelas ruas, de comemorar a vitória do meu time.

Divertia-me trabalhando no time de desenvolvedores, e fazendo aulas de Spinning na academia.

Desfrutava da aventura que era para chegar até a Starbucks, ou até a Pizza Hut.

E se me for entregue em mãos, agora, a minha passagem de volta, já estou de malas feitas.



19 de fev de 2013

O dia em que beijei um sapo

I kissed a FROG, and I liked it!..

Quem disse que só em Contos de Fadas é que os sapos viram príncipes? E o melhor de tudo é que nem precisa sair para caçar um. É só ir até a CVS mais próxima, em época de Valentine's Day, e comprar um por menos de $5.




Vai dizer que não é uma ideia fofa? E ele ainda cresce em um período de 72 horas! haha




14 de fev de 2013

Valentine's Day

"Amor é síntese / É uma integração de dados / Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias / Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços / E eu serei o perfeito amor."
(Mario Quintana)


Mais um Valentine's Day, uma das datas super esperadas pelas crianças, as quais começaram a confeccionar seus cartões já no início da semana.

Um fato inegável sobre o Valentine's Day é que não importa quem você é, se você tem alguém do seu lado, com quem você mora. É simplesmente impossível não ser contagiado pela docura desta data.

Diferente do Dia dos Namorados no Brasil, aqui é um dia para celebrar o amor, seja ele qual for. É um dia para dizer às pessoas que amamos o quanto elas são importantes para nós. As crianças levam tão ao extremo, que até os animais de estimação ganham cartões.

Se você estiver pelo mercado na véspera, vai deparar com pessoas comprando presentinhos de última hora. É só piscar, que você é transportado para um daqueles filmes de comédia romântica e que tudo dá errado para que o final seja perfeito.

Foi o que aconteceu comigo ontem. Sai para comprar meu jantar e mais algumas coisas para mim. No mercado, me deparei com pessoas escolhendo cartões, chocolate, flores. Por alguns segundos observei todas, e senti uma paz inexplicável. Mas como toda boa comédia romântica tem confusão antes do final feliz, ao sair do estabelecimento estava começando uma tempestade de neve. Corri para o carro e voltei para casa. Nunca vi flocos de neve tão grandes quanto os que estavam caindo ontem! Mas tudo bem, não foi tão ruim assim.

Hoje todo mundo acordou cheio de muito amor. As crianças mais novas estavam empolgadas para irem à escola, pois teriam uma festa. A mais velha me pediu para levá-la bem mais cedo, para que ela pudesse colar adesivos nos armários dos amigos. Para fechar toda a delícia do Valentine's Day, preparei mini panquecas para o café da manhã, que é o preferido deles, e ainda dixei sobre a mesa um pirulito de chocolate para cada um, com frases engraçadinhas.

Eles me entregaram seus cartões, e o da mais velha foi o que mais me emocionou. Detalhe: ela fez um cartão para mim, mas não fez para a minha host! Dá pra acreditar?

E agora estou aqui, cuidando dos meus pequenos, enquanto minha host está em um jantar com o namorado. Eu poderia reclamar, lamentar nunca ter tido um "date" no Valentine's Day (trabalhei no ano passado também), mas acho que todo o carinho que recebo das três crianças é o suficiente para me fazer bem não só na data de hoje, mas para fazer valer a pena todo o esforço, e todos os dias que tenho passado aqui.

Feliz Valentine's Day!

O cartão da mais velha, o da mais nova (Angry Birds) e do Pequeno (Cars).

Na segunda foto:
"Aline, você sabe o quanto eu te amo? Bem, é um taaaaaaanto assim! Você talvez não saiba, mas é uma sexy girl!"
Na terceira foto:
"Obrigada por tudo que tem feito, por ser minha babá. Aqui estão duas coisas que amo em você: Seu sotaque (e quando você diz "girl"); Você dirige para qualquer lugar, por nós.
No canto:
"Uma garota Brasileira com coração para cuidar de nós.. Deve ser difícil!"

13 de fev de 2013

Conversando com o Pequeno

Um dia qualquer, em que ele resolveu contar a história dos Três Porquinhos, e falar sobre tudo e nada ao mesmo tempo:



E aqui um outro mais antigo, de quando ele resolveu experimentar a versão azeda de um doce que ele adora:


Fica aqui pela lembrança. ;)

12 de fev de 2013

Todo dia tem uma merda

A host viajou por uma semana. As crianças ficaram com o pai todas as noites. Entretanto, o sonho Americano não é tão lindo assim, afinal...

Domingo, 27 de Janeiro de 2013.

Não basta começar a trabalhar ao meio dia em um domingo. De noite, uma das crianças precisa passar mal e vomitar no carro, na cama, no banheiro...

Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2013.

Não basta ser inverno. Tem que amanhecer nevando, as escolas fecharem e você não poder nem dirigir para ir ao mercado fazer a compra da semana.

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2013.

Não basta ter que lidar com o pai divorciado. Ele tem que me mandar inúmeras mensagens de texto enquanto eu dirijo, a ponto de eu desligar o celular para não me distrair com o barulho. E, ao chegar em casa, e finalmente ler todas as mensagens, ver que ele finalizou escrevendo "E pare de usar mensagem de texto enquanto dirige com meus filhos no carro!". Mas quem é mesmo que estava enviando mensagens compulsivamente?

Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2013.

Não basta fazer o lanche das crianças no dia anterior, com cuidado para ter aquilo que eles gostam - e comem - e não ter nenhum alimento proibido pela escola. A madrasta tem que acrescentar uma barra de cereal de chocolate com amendoim* e jogar as regras da escola para um universo paralelo.

Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013.

Não basta ter que lidar com o casal confusão às vésperas do casamento deles. O pai tem que me ligar - e me acordar - às onze da noite e deixar mensagem de voz, depois me acordar denovo à meia noite com mensagem de texto, para dizer duas vezes a mesma coisa que ele poderia deixar para me dizer no dia seguinte quando eu levasse as crianças na casa dele.

Sexta-feira, 01 de Fevereiro de 2013.

Não basta ser véspera do casamento do pai. A menina mais nova tem que fechar a porta do quarto na cara do pequeno e deixar ele com um olho roxo, além de o pai meticulosamente bolar um plano diabólico para que não fosse possível eu cumprir o cronograma. Para a decepção dele, eu consegui cumprir e cheguei dois minutos antes do horário em que ele sairia de casa e deixaria os filhos para trás, caso o trânsito tivesse me atrasado.

Sábado, 02 de Fevereiro de 2013.

Acabou! É TEEEEEEEEETRA!


--
* Amendoim, e seus derivados, é um alimento expressamente proibido nas escolas, por conta do alto número de crianças alérgicas ao mesmo.